As Ordens Profissionais... Por José Lima

Sou marido e filho de professoras, dou aulas num instituto politécnico e, além disso, sou membro de duas ordens profissionais. Julgo ter a experiência pessoal para poder dar um contributo válido a esta discussão, até porque muitos dos comentários que tenho lido fazem-me pensar naquelas pessoas que não gostam de sushi mas também nunca provaram. 

Tenho lido que os professores “não precisam de ordem nenhuma” porque têm os sindicatos. Os sindicatos, que por acaso são mais de vinte, são organismos orientados para a negociação salarial atuando mais ou menos da mesma forma desde o 25 de Abril, com os resultados que são do conhecimento de todos. Poderão alguns arguir que estávamos bem pior sem eles, pois bem, também estávamos bem pior sem água nas torneiras ou eletricidade, e não é por isso

Ler mais: As Ordens Profissionais... Por José Lima

Na minha opinião... por Florbela Mascarenhas

Caros Colegas,

 

face ao que tenho lido em vários comentários, no que respeita à possível existência de uma Ordem dos Professores, em boa verdade vos digo que de facto defendo a Ordem e tudo farei para que esta seja uma realidade. Para isso temos estado a trabalhar em equipa com a certeza de que será este o caminho.

Tenho lido muitos comentários muitos deles denotando uma total ausência de conhecimento o que é preocupante... 

Na minha opinião a ordem teria competências entre outras para zelar por alguns aspetos de grande relevância tais como:

Ler mais: Na minha opinião... por Florbela Mascarenhas